24/05/2009

EDO: Técnica de Datação por Carbono-14 (14C)

A técnica do carbono $14$ foi descoberta pelo químico Willard Libby no ano de $1947$. Essa descoberta é considerada uma das mais importantes descobertas científicas para a arqueologia e outras áreas de estudos, pois através desta técnica é possível se precisar a idade dos fósseis encontrados e assim reconstruir a história do planeta Terra.

Plantas assimilam $^{14}C$ durante a fotossíntese e animais comem plantas. Assim, todos os seres terrestres vivos mantêm sua entrada de $^{14}C$ durante sua vida. O $^{14}CO_2$, como o ,$CO_2$, dissolve-se nos oceanos e está disponível ao plâncton, corais, moluscos e peixes, de modo que todos os seres durante sua vida reabastecem-se continuamente de $^{14}C$.

Na morte das plantas ou animais a entrada de $^{14}C$ cessa. O tempo da morte pode ser estabelecido pela determinação de $^{14}C$ residual. A abundância natural do $^{14}C$ é de $0,000001\%$, enquanto do $^{12}C$ é de $98,9\%$. O decaimento segue a seguinte equação:
\begin{equation*}
^{14}_{6}C \ \longrightarrow \ ^{14}_{7}N \ \longrightarrow  \ ^0_{-1}\beta
\end{equation*}
O $^{14}C $ decai com meia-vida de $5730$ anos. Por convenção internacional utiliza-se até hoje o valor de meia-vida de $5568$ anos determinado na década de $50$, que sabidamente apresenta um erro da ordem de $3\%$.
\begin{equation*}
A_{\text{análise}} = A_{\text{padrão}} \times \exp \left[ -\frac{\ln (2)}{T_{1/2}} \ t \right]
\end{equation*}
onde:

$A_{\text{análise}}$ é a atividade medida;

$A_{\text{padrão}}$ é a atividade padrão, na ocasião da morte do fóssil;

$T_{1/2}$ é a meia-vida do, $5.568$ anos;

$t$ é o tempo decorrido em anos.

Com base nestas informações e no resultado da equação diferencial do decaimento radiativo, determine há quanto tempo viveu um fóssil, cujas análises revelaram:

$A_{\text{análise}}  = 0,0069\ Bq$

$A_{\text{padrão}} = 1,0000\ Bq$

Resolução:

\begin{equation*}
A_a = A_p \times \exp \left[ -\frac{\ln (2)}{T_{1/2}} \ t \right]\\
\ \\
0,0069 = 1 \times \exp \left[ -\frac{\ln (2)}{5568} \ t \right]\\
\ \\
0,0069 = 1 \times \exp \left[ -\frac{0,6931471}{5568} \ t \right]\\
\ \\
0,0069 = \exp \left[ 1,25 \times 10^{-4}\ t \right]\\
\ \\
0,0069 = e^{1,25 \times 10^{-4}\ t}\\
\ \\
\ln (0,0069) = -1,25 \times 10^{-4}\ t\\
\ \\
-4,976 = -1,25 \times 10^{-4}\ t\\
\ \\
t = 39.809,8
\end{equation*}
O fóssil viveu aproximadamente $39.810$ anos.

Veja mais:

Medias de tempo
Medidas de tempo muito longos
Queda dos corpos com resistência do ar


Um comentário:

  1. Olá parceiro! Achei bem legal a ideia e já adicionei o link ao meu post.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Por favor, leiam antes de comentar:

▪ Escreva um comentário apenas referente ao tema;

▪ Para demais, utilize o formulário de contato;

▪ Comentários ofensivos ou spans não serão publicados;

▪ Desde o dia 23/07/2013, todos os comentários passaram a ser moderados. Para maiores detalhes, veja a nota de moderação aqui;

▪ É possível escrever fórmulas em $\LaTeX$ nos comentários deste blog graças a um script da Mathjax. Para fórmulas inline ou alinhadas à esquerda, escreva a fórmula entre os símbolos de $\$$; Para fórmulas centralizadas, utilize o símbolo duplo $\$\$$.

Por exemplo, a^2 + b^2 = c^2 entre os símbolos de $\$\$$, gera:
$$a^2+b^2=c^2$$
▪ Para visualizar as fórmulas em $\LaTeX$ antes de publicá-las, acessem este link.

Redes Sociais

Arquivo do Blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...