20/01/2010

Esculturas Matemáticas – Bathsheba Grossman

Bathsheba Grossman é uma artista que explora as regiões entre a Arte e a Matemática, trabalhando sobre a vida em três dimensões, com simetria e equilíbrio, entre o zero e o infinito de modo a encontrar a beleza geométrica.

runaround_1.1

Bathsheba utiliza a tecnologia de impressão em 3-D em metal e também de gravação a laser em superfícies de vidro. Veja algumas de suas obras:

 

Borromean Rings

Essa escultura é de uma classe de objetos conhecidos como superfícies de Seifert. Cada nó e ligações (na matemática nós são circuitos fechados, as ligações são conjuntos de nós) tem uma superfície contínua que está na borda. Uma introdução a essas superfícies, juntamente com software livre para gerá-los, estão no site SeifertView.

Estas superfícies são freqüentemente bonitas, especialmente por ter nós simétricos. Essa superfície tem três lados, cada um formando um simples circuito fechado, que estão presos juntos formando os chamados Anéis de Borromeu.

A malha orgânica é larga o suficiente para deixar a luz passar, sem deixar de responder com sensibilidade à curvatura e dar uma textura tátil.

Borromean Rings 3 Borromean Rings 1 Borromean Rings 2

 

Quintrino

Esta peça é um clássico e é essencial para quem vive no espaço 3-D. Com base num Sólido Platônico, o Quintrino utiliza uma simetria dodecaédrica misteriosa com um grande volume escondido em seu interior.

Quintrino 3  Quintrino 2

 

The 120-Cell

Este é um sólido 4-D análogo ao dodecaedro, projetado no espaço 3-D, composta por 12o faces dodecaédricas

The 120-Cell 1The 120-Cell 2

 

The 24-Cell

Este é outro sólido 4-D projetado em 3-D, composto de 24 células octaédricas. Também conhecida como hyperdiamond. É um dos mais interessantes dos sólidos regulares em 4-espaço, pois uma de suas propriedades é que é auto-dual.

The 24-Cell 1The 24-Cell 2

 

The 600-Cell

Este é o mais complexo dos sólidos regulares em 4 dimensão, o 600-Cell. Às vezes, é visto como o análogo do icosaedro, e tem, como se poderia esperar, 600 células tetraédricas. Não é nada fácil visualizar este modelo no espaço 3-D e por isso foi usado uma projeção ortogonal ao invés de os diagramas Schlegel do polytopes construídos por Bathsheba.

Parece complicado devido aos muitos ângulos, mas girando o sólido,pode-se ver a beleza ao longo das simetrias cúbicas.

The 600-Cell 1 The 600-Cell 2 The 600-Cell 3

Vejam alguns trabalhos feitos através da gravação a laser em superfícies de vidro:

Via Láctea

Milk Way Galaxy 1Milk Way Galaxy 2

Geodynamo – O Campo magnético da Terra

      Geodynamo Crystal 1Geodynamo Crystal 2

 

Visitem o site da artista plástica e confiram sua galeria.

.

0 Comentários:

Postar um comentário

Por favor, leiam antes de comentar:

▪ Escreva um comentário apenas referente ao tema;

▪ Para demais, utilize o formulário de contato;

▪ Comentários ofensivos ou spans não serão publicados;

▪ Desde o dia 23/07/2013, todos os comentários passaram a ser moderados. Para maiores detalhes, veja a nota de moderação aqui;

▪ É possível escrever fórmulas em $\LaTeX$ nos comentários deste blog graças a um script da Mathjax. Para fórmulas inline ou alinhadas à esquerda, escreva a fórmula entre os símbolos de $\$$; Para fórmulas centralizadas, utilize o símbolo duplo $\$\$$.

Por exemplo, a^2 + b^2 = c^2 entre os símbolos de $\$\$$, gera:
$$a^2+b^2=c^2$$
▪ Para visualizar as fórmulas em $\LaTeX$ antes de publicá-las, acessem este link.

Redes Sociais

Arquivo do Blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...