29/03/2019

5 fatos impossíveis que teriam de ser verdadeiros se a Terra fosse plana


De qualquer local na superfície da Terra, é impossível dizer qual é a forma do nosso planeta. Ter um único ponto de observação, mesmo com um horizonte claro, permite que você veja por alguns quilômetros em qualquer direção, mas de qualquer forma, existem restrições. A Terra poderia ser plana, esférica ou em equilíbrio hidrostático, ou em forma de ovo, ou irregular, e mesmo assim não saberíamos. Tudo o que podemos saber, a partir de um único local em nossa superfície, é que a Terra é indistinguível do plano até certo ponto. Se a Terra for redonda, ela deve ser bem grande: centenas, ou ainda, milhares de quilômetros de diâmetro.

Claro, na verdade seu formato é bastante redondo: uma esfera quase perfeita, com precisão superior a 99%. Se você sair da superfície da Terra, é impossível  não sua verdadeira forma, já que ela é inevitável desde a primeira vez que viajamos alto o suficiente para observar a curvatura do nosso planeta.

De altas altitudes, ou mesmo do espaço, a verdadeira forma da Terra pode ser facilmente vista. Suas dimensões podem ser medidas; seu raio de curvatura em todas as direções pode ser calculado; as imperfeições e desvios da esfericidade são diretamente observáveis ​​por instrumentos. Se viajarmos longe o suficiente da Terra, poderemos observar um hemisfério inteiro de uma só vez, até mesmo observando o planeta girar em seu eixo em tempo real.

5 fatos impossíveis que teriam de ser verdadeiros se a Terra fosse plana

Mas, se nunca conseguirmos ir ao espaço, ou alto o bastante para ver a curvatura da Terra, como poderíamos verificar se a Terra realmente é um esferoide? Acredite, existem várias observações simples que podemos fazer que não ocorreriam se a Terra fosse plana. Aqui estão os cinco primeiros mais simples.

1. Eclipses lunares

Podemos observar a forma da sombra da Terra durante um eclipse lunar, particularmente durante uma fase parcial. Podemos notar como a sombra da Terra sempre parece ser uma porção de um círculo quase perfeito. Se a Terra fosse um disco plano, significaria que apenas uma orientação seria possível , sempre à meia-noite, na qual o alinhamento Sol-Terra-Lua pode ocorrer para criar uma sombra circular (e não elíptica): com o "disco" da Terra perpendicular ao eixo Sol-Lua, caso contrário, a sombra da Terra não seria circular.

As únicas duas possibilidades da Terra projetar uma sombra circular na Lua

As duas formas pelas quais a Terra poderia lançar uma sombra circular na Lua: por ser um objeto esférico ou um objeto semelhante a um disco.

2. Estações do ano são diferentes em locais diferentes

Já percebeu que, quando é verão no Brasil, corresponde ao inverno nos Estados Unidos? Ou como o inverno na Itália se alinha com o verão na Argentina? Isso ocorre porque os raios do Sol, que são quase perfeitamente paralelos, atingem a Terra em diferentes ângulos durante diferentes partes do ano. Se a Terra fosse plana, os raios do Sol entrariam sempre no mesmo ângulo, o que significa que o Brasil, os EUA, a Itália e a Argentina experimentariam as estações da mesma maneira. A teoria da Terra plana não pode explicar isso.

Estações do ano são diferentes em locais diferentes

Se a Terra fosse perfeitamente plana, então os raios do Sol lançariam sombras idênticas ao meio-dia no solstício em todos os lugares da Terra (acima), não importando onde você estivesse localizado. Mas se a superfície da Terra fosse curva (abaixo), sombras em locais diferentes lançariam sombras diferentes no mesmo dia, dependendo do ângulo em que os raios do Sol atingissem a Terra. Se formos ainda mais longe, uma Terra plana teria o mesmo ângulo e, portanto, a mesma estação, em todos os lugares.

3. Diferentes estrelas são vistas de diferentes latitudes

Se olharmos para o céu noturno a partir de um local de latitude muito alto (norte), e você verá  a estrela Polar, a gigante laranja brilhante Arcturus e as Plêiades, entre outras atrações. No entanto, se você for para o pólo sul, nenhum desses corpos celestes são visíveis, mas você pode ver Alpha Centauri, as Nuvens de Magalhães e o Cruzeiro do Sul, as quais nunca são visíveis para a maioria dos observadores do hemisfério norte. Se a Terra fosse plana, todo mundo no lado noturno da Terra veria o mesmo céu. Esta é outra observação que a Terra plana não pode explicar.

O Atacama Large Millimeter Array (ALMA)

O Atacama Large Millimeter Array (ALMA) é um dos mais poderosos radiotelescópios da Terra. Constituído por um conjunto de 66 antenas, das quais 54 com 12 metros de diâmetro e as demais com 7 metros de diâmetro, eles são apenas uma pequena parte da matriz formando o Telescopen Event Horizon. Podem visualizar as Nuvens de Magalhães )mostrada na imagem acima), ao contrário da maioria dos observadores do hemisfério norte.

4. Não é possível ver Kawaikini do pico Mauna Kea

Mauna Kea é o pico mais alto do Havaí e oferece vistas incríveis. Com nada além do oceano ao redor, e algumas outras ilhas próximas, podemos enxergar muito longe. A ilha de Kauai tem o sétimo ponto mais alto das ilhas havaianas: o pico conhecido como Kawaikini. Se desenharmos uma linha reta de Mauna Kea (elevação: 4.207 m) a Kawaikini (elevação: 1.598 m) encontraremos uma distância de 487 km.

No entanto, não podemos ver um pico do outro, o que seria absolutamente observável se a Terra fosse plana. Com a curvatura da Terra, conhecendo seu raio, podemos calcular o limite de visão a partir de Mauna Kea utilizando o método descrito a seguir. A distância $D$ entre o observador e o limite de visão é dado pela fórmula: $\displaystyle D=\sqrt{(R+h)^2-R^2}$.

Não é possível ver Kawaikini do pico Mauna Kea

Considerando o raio da Terra igual a $R=6.371\ km$ e a altura do ponto de observação $h=4,2\ km$, obtemos um limite de observação do horizonte igual a 231 km. Portanto, não é possível visualizar Kawaikini, que está a 487 km, mas se a Terra fosse plana, seria perfeitamente observável.


5. Pores e nasceres do Sol acontecem em momentos diferentes, dependendo da sua longitude

Se a Terra fosse plana, alguém em São Paulo e alguém em Acre veriam o Sol nascer e se pôr exatamente na mesma hora que o outro. Mas, na prática, a diferença é de aproximadamente três horas. Não apenas isso, mas em todos os pontos intermediários, o Sol nasce e se põe em um tempo diferente, algo que não poderia acontecer se a Terra fosse plana. O fato de que pode ser noite em São Paulo e no final da tarde em Acre, ou manhã em São Paulo, enquanto ainda é antes do amanhecer em Acre, é algo que uma Terra plana não pode explicar.

Pores e nasceres do Sol acontecem em momentos diferentes, dependendo da sua longitude

A imagem acima mostra o nascer do Sol no Rio de Janeiro. Com uma grande quantidade de atmosfera para atravessar, a luz do Sol fica tremendamente avermelhada quando está perto do horizonte.

Se a Terra fosse plana, esses cinco fenômenos seriam muito diferentes e, no entanto, eles são tão simples de verificar que qualquer terraplanista não poderia duvidar de sua veracidade. Se isso muda a mente de qualquer um, é um assunto a ser debatido, mas sem recorrer ao espaço, à circunavegação ou a qualquer experimento científico avançado, você pode experimentar um punhado de fenômenos que uma Terra plana não pode explicar. Com uma Terra plana, nós só conseguiríamos eclipses lunares à meia-noite, todos os lugares teriam as mesmas estações, todos os locais veriam as mesmas estrelas, todos os picos das altas montanhas seriam visíveis um do outro, e todos os lugares do seu lado a Terra veria nascer e pôr do sol ao mesmo tempo. Estes argumentos são tão falsos quanto a teoria da Terra plana.

Se isso ajudar até mesmo uma pessoa a desafiar sua crença de que a Terra é plana, é uma vitória notável para o conhecimento. Mas não aposte nisso. Como já dizia Einstein: "Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta".

Veja ainda Como a Matemática prova definitivamente que a Terra não é plana no blog do professor Edigley Alexandre.

Referências:


Links para este artigo:


Veja mais:

COMO REFERENCIAR ESSE ARTIGO: Título: 5 fatos impossíveis que teriam de ser verdadeiros se a Terra fosse plana. Publicado por Kleber Kilhian em 29/03/2019. URL: . Leia os Termos de uso.


Siga também o blog pelo canal no Telegram.
Achou algum link quebrado? Por favor, entre em contato para reportar o erro.
Leia a política de moderação do blog. Para escrever em $\LaTeX$ nos comentários, saiba mais em latex.obaricentrodamente.com.

2 comentários:

  1. Eu acredito que essa história de Terra Plana, além de ser a maior trolagem da história da Internet, ganhou força no mundo apenas por causa de interesses monetários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho a mesma coisa. A ideia é tão absurda que chama a atenção das pessoas. E o pessoal insiste na trolagem porquê da audiência.

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise no blog