05/12/2020

A felicidade, segundo Pitágoras

A felicidade, segundo Pitágoras, frases inspiradoras, frases de matemática, frases de matemático

A felicidade consiste em unir o princípio com o fim


O que é felicidade? O que te deixa feliz?


A doutrina de Pitágoras ensina que para viver a felicidade é necessário purificar-nos de toda paixão humana, libertando-nos das ansiedades e preocupações em relação ao mundo que nos cerca. No entanto, é uma tarefa de longo prazo.


Segundo o pitagórico Hipodamus: "o homem não é nem feliz nem bom por natureza, mas é preciso disciplina e cuidados para alcançar bondade e felicidade". E ainda: "para ser bom, o homem deve ter virtude". Concluindo que "a felicidade não pode durar sem virtude e a virtude nasce primeiro em quem é racional".


Segundo o pitagórico Theages, "a verdadeira virtude é o hábito de ficar dentro do que é adequado", ou seja, sem causar dor para si ou para os outros. 


Você pode ser muito bom em Matemática e nunca demonstrar um teorema inédito; mas partir de conceitos básicos e demonstrar um teorema que seja inédito para você, pode proporcionar momentos prazerosos, de extrema satisfação e realização pessoal.


Seja virtuoso. Faça aquilo que lhe dê prazer, desde que não faça mal a outrem.


E para finalizar, um pensamento de Raulzito:


E eu não pergunto, porque já sei que a vida não é uma resposta


Referências:

  • https://www.filosofiaesoterica.com/a-sabedoria-de-pitagoras/


Links para este artigo:


Veja mais:

COMO REFERENCIAR ESSE ARTIGO: Título: A felicidade, segundo Pitágoras. Publicado por Kleber Kilhian em 05/12/2020. URL: . Leia os Termos de uso.


Siga também o blog pelo canal no Telegram.
Achou algum link quebrado? Por favor, entre em contato para reportar o erro.
Leia a política de moderação do blog. Para escrever em $\LaTeX$ nos comentários, saiba mais em latex.obaricentrodamente.com.

2 comentários:

  1. Olá, meu amigo!

    Ler textos filosóficos gregos nos dá uma outra visão sobre muita coisa que passamos aqui em vida. Eu costumo dizer que não existe felicidade plena. Ela é um estado de espírito. Nem sempre estamos felizes e nem sempre estamos tristes, dependendo claro, se não sofremos com algum transtorno psicológico.

    Gostei de ler esse pequeno e importante post.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu amigo!

      Obrigado por dispor de seu tempo para ler e comentar aqui.

      Pensando um pouco, a impressão que fica é que os conceitos foram se transformando com o tempo e talvez nós pareça mais complexo.

      Sobre a felicidade, minha visão é próxima da sua. Temos momentos felizes. E essa felicidade vem daquilo que fazemos, como Theages nos disse, que nos faça bem. Mas o bem é relativo, pois pode ser bom para mim, mas não para ti. Assim, deve ser, sem que faça mal a você. Acho que foi Nietzsche quem disse que o bem é aquilo que exubera a vida e o mal aquilo que a degrada.

      Sigamos na luta!

      Um forte abraço!

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise no blog