18/03/2011

Construções Geométricas de Tangentes Com Régua e Compasso (Parte 2)

Nesta segunda parte sobre construção de tangentes, vamos resolver três problemas clássicos sobre traçados de tangentes utilizando régua e compasso.

1) São dados dois pontos O e P e uma distância d. Conduzir uma reta por P que diste d de O.

clip_image002

[Figura 01]

Este problema nos diz que uma reta r, que passa pelo ponto P, tangencia uma circunferência λ de centro em O a uma distância d. Descrevemos uma circunferência de raio d:

clip_image004

[Figura 02]

Vejam que agora a construção recai no segundo exemplo da primeira parte sobre construções de tangentes. Unindo O e P e tomando a mediatriz de OP, que passa pelos pontos A e B, determinamos C na intersecção com OP:

clip_image006

[Figura 03]

Com centro em C e raio OC, traçamos a circunferência κ que intercepta λ nos pontos D e E:

clip_image008

[Figura 04]

As retas que passam por PD e PE são as tangentes pedidas. Note que este problema admite duas soluções.

Justificativa: As retas tangentes a uma circunferência traçadas de um ponto externo possuem a propriedade de serem perpendiculares ao raio pelos pontos de tangência. Por construção OP é o diâmetro da circunferência κ e o triângulo ODP é retângulo em D, pois está inscrito na semicircunferência OAP.

Outra propriedade é que os segmentos das tangentes a uma circunferência, conduzidas por um mesmo ponto, são congruentes:

clip_image010

2) São dadas uma reta t tangente a uma circunferência λ, o ponto T de tangência e um ponto A sobre t. Traçar por A a segunda tangente a λ.

clip_image012

[Figura 05]

Com centro em A e raio AT¸ descreva um arco cortando a circunferência λ em T’.

clip_image014

[Figura 06]

A reta t’ que passa por T’ é a tangente pedida.

Uma propriedade desta construção é que os segmentos das tangentes a uma circunferência, conduzidas por um mesmo ponto, são congruentes:

clip_image016

3) De um triângulo ABC são dadas a reta t1, que tangencia a circunferência inscrita, o ponto T de tangência, os vértices B e C e o raio r da circunferência. Construir o triângulo.

clip_image018

[Figura 07]

Trace a perpendicular a t1 em T.

clip_image020

[Figura 08]

Com raio igual a r e centro em T, descreva um arco interceptando a perpendicular em O, que será o centro da circunferência inscrita; Com raio r e centro em O, descreva a circunferência inscrita.

clip_image022

[Figura 09]

Com abertura do compasso igual a BT, descreva um arco interceptando a circunferência inscrita em D e com abertura do compasso igual a CT descreva um arco interceptando a circunferência inscrita em E. Agora, trace as tangentes t2 e t3 à circunferência em D e em E, respectivamente, passando por B e por C. O Ponto de intersecção entre as duas tangentes será o vértice A do triângulo pedido.

clip_image024

[Figura 10]


Veja mais:

Construção Geométrica de Tangentes com Régua e Compasso (Parte I)

Siga também o blog pelo canal no Telegram.

Compartilhe esse artigo:


Achou algum link quebrado? Por favor, entre em contato para reportar o erro.
Leia a política de moderação do blog. Para escrever em $\LaTeX$ nos comentários, saiba mais em latex.obaricentrodamente.com.

2 comentários:

  1. Olá, Kleber!
    Tiro o chapéu para você!
    Estou pra ver, mas, está difícil, quem se lhe igualaria na tarefa de fazer postagens tão úteis e com um tratamento gráfico de primeira, como você faz! Continue e parabéns, parceiro!
    Um abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Diante de um comentário desse, eu só tenho a agradecer!
    Abraços.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise no blog